sábado, 21 de abril de 2012

Agora e Depois


Ás vezes o buraco
Que você deixa machuca meu coração
Tanto que isso corta através
Das partes mais profundas de mim
E enche minha boca
Com palavras que eu choro
Como eu continuo tentando
Permanecer dentro

Corações se partem
E mãos acenam
Para nos
apegarmos ainda mais
E então nossos olhos choram
E nossas almas suspiram
Para que saibamos
Que isso machuca
Nossos corações se partem
E mãos acenam
Para nos
Apegarmos ainda mais
E então nossos olhos choram
E nossas almas suspiram
Para que saibamos
Que isso machuca

Sempre, agora e depois
As minhas memórias doem
Com ideias vazias
Daquilo que poderiamos ter feito
Mas assim que o tempo passa
E eu envelheço
Eu amo quem eu conheço
Eles são suficientes
Para imaginar a chuva

Você sabe
Quando me fazer
Imaginar você aqui.

Adele

2 comentários:

  1. Oii, lindo blog.

    Parabéns!!!

    Segue???

    Sigo de volta com
    muito carinho :)

    Bjo

    http://meuryss.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Que lindoooo
    amei seu blog e já estou seguindo se der segue o meu também...bjs
    www.esmaltesdadeiia.blogspot.com

    ResponderExcluir

Vibre nas cordas do violão xD